Casas com terraço são mais procuradas  

 

A pandemia de Covid-19 mudou a forma como vivemos, especialmente em nossa casa. Foi necessário criar novas dinâmicas aquando dos confinamentos, seja ao improvisar novos espaços de trabalho ou de lazer.

Entre quatro paredes, a vida continuou. Porém, muitos aperceberam-se que as suas casas pareciam mais pequenas e eram necessárias mudanças na organização. Segundo o estudo “Nova vida, nova casa?” da consultora JLL, uma das maiores necessidades habitacionais é ao nível dos espaços exteriores.

“Percebemos que as pessoas pretendem fazer ajustes nas suas casas, em virtude destes novos tempos que vivemos, como a criação de um espaço de trabalho, um escritório, melhorar zonas ao ar livre, seja um terraço ou uma simples varanda.” disse Patrícia Barão, diretora do departamento residencial da JLL, que liderou este estudo.

O estudo contou com a participação de 1400 pessoas e concluiu que 51% das pessoas pretendiam criar um espaço de trabalho e 34% desejavam modernizar o espaço exterior da sua casa.

A procura por casas com espaços exteriores também aumentou, registando-se na JLL um aumento de 24% nas vendas e arrendamentos de casas com terraço. A plataforma Idealista também registou um aumento da procura por moradias e apartamentos com terraços e varandas grandes. Esta tendência já era uma realidade em crescimento antes da pandemia, mas o confinamento veio intensificar a importância destes espaços devido ao aumento do tempo passado em casa.

O Edifício Mouzinho Albuquerque oferece áreas excepcionais, acabamentos de luxo e espaços exteriores de áreas muito generosas. Se pretende aproveitar as melhores vistas da cidade, contacte-nos e venha visitar um dos últimos imóveis disponíveis no empreendimento.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência.