Conheça a arte urbana em Matosinhos  

 

Nos últimos anos, Matosinhos tem promovido diversas iniciativas artísticas que dão “voz” à arte de rua, demonstrando que é uma cidade aberta e moderna. Durante muito tempo, a street art foi associada à delinquência e à destruição de fachadas e muros.

Porém, atualmente é finalmente valorizada e vista como uma nova e original forma de expressão artística. Diversos projetos de arte urbana integram hoje as paredes da cidade, com a autoria de artistas nacionais e internacionais. Hoje, ficará a conhecer as mais conhecidas obras de arte urbana de Matosinhos.

 

Mural da Lionesa

O projeto do Mural da Lionesa em Leça do Balio resulta de uma parceria entre a Super Bock e a Câmara Municipal de Matosinhos. 10 artistas ou coletivos artísticos participaram naquele que é um dos maiores murais de street art da Europa, com 1400 metros quadrados. O conceito da obra coletiva é uma reflexão sobre a cidade de Matosinhos e as suas gentes, desde a vida ligada ao mar e pesca, a indústria conserveira e as tradições religiosas.

 

Mural Super Bock

O mural criado numa das fachadas exteriores do armazém automático do Super Bock Group (SBG), em Leça do Balio, é um dos maiores trabalhos de arte urbana a nível mundial. O mural da Super Bock tem 3000 metros quadrados e demorou 17 dias a ser completado, sob a autoria do artista português Vhils e a dupla espanhola PichiAvo. 20 artistas do Porto, juntaram-se à iniciativa e completaram a intervenção que combina o património cervejeiro com a mitologia grega. Foram utilizados 4 mil litros de tinta.

 

Sunset Wishes de PARIZ ONE

A obra Sunset Wishes do artista frances PARIZ ONE localiza-se no coração de Matosinhos. A obra combina elementos do estilo oldschool nova iorquino e da newschool Europeia, sendo uma representação clara do estilo “New Old School Style” que caracteriza PARIZ ONE. Tal como o nome sugere, Sunset Wishes representa um pôr-do-sol de Matosinhos, sobre a água do mar.

 

Obra de ARM COLLECTIVE no bairro da Biquinha

O ARM Collective nasce em 2005 da colaboração dos artistas Miguel Caeiro , nome artístico RAM e Gonçalo Ribeiro, nome artístico MAR. Na obra sem título localizada no bairro da Biquinha pode observar-se uma figura enigmática, alta e esguia. A entidade está curvada, com os pés dentro da água e formas difusas desenhadas no seu interior. Uma âncora pode ser observada na testa deste misterioso ser e um barco de papel no seu coração. A completar as alusões ao mar, quatro peixes cor-de-laranja com cauda e barbatana rosa figuram na obra. Mais uma belíssima homenagem à cidade de Matosinhos.

 

Se é amante de arte urbana, esta é mais uma razão para viver em Matosinhos. A Morgado Cardoso tem os melhores apartamentos, localizados numa zona premium de Matosinhos Sul. Contacte-nos!

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência.